12.º Congresso da SPOP: sensibilizar e promover a Ortopedia Pediátrica

Entre os dias 18 e 20 de abril vai realizar-se o 12.º Congresso da Sociedade Portuguesa de Ortopedia Pediátrica (SPOP) no Hotel Axis, em Viana do Castelo, mantendo o propósito de levar os eventos científicos a diferentes regiões do país, com o objetivo de sensibilizar e promover a Ortopedia Pediátrica.

“O Congresso Nacional da SPOP é o evento mais relevante da Ortopedia Pediátrica Portuguesa consistindo numa oportunidade científica ímpar que permite uma partilha de experiências, conhecimento e discussão de muitos dos temas mais relevantes da Ortopedia Infantil. Este evento tem a particularidade de ser altamente inclusivo, abordando-se temáticas de diferentes perspetivas, permitindo, por isso, a sensibilização dos ortopedistas, mas também de muitos outros profissionais”, explicou Mafalda Santos, presidente da SPOP.

Neste sentido, o programa do Congresso inclui um Curso Pré-congresso que decorrerá no dia 18 de abril, cujas patologias a debater serão a diferença de comprimento e os desvios em varo ou valgo dos membros inferiores, a marcha com “os pés para dentro e pés para fora”, o fisiológico, o patológico e suas etiologias, critérios de referenciação ortopédica, o tratamento médico e o tratamento cirúrgico.

O corpo científico será formado por um vasto painel de profissionais de saúde de diferentes áreas médicas, sendo dirigido a pediatras, médicos de Medicina Geral e Familiar, Fisiatras, ortopedistas, internos de especialidade e fisioterapeutas, entre outros, ou seja, a todos aqueles que no dia a dia promovem a saúde e o bem-estar da criança.

Ainda no dia 18, no período da tarde, irá realizar-se, em simultâneo com o Curso Pré-Congresso, um workshop sobre tratamento cirúrgico de fraturas do cotovelo, com inscrição limitada a 20 participantes, destinado preferencialmente a internos e jovens especialistas. Não é habitual a existência destes cursos, durante o Congresso, mas constituirá um complemento prático ao tema das fraturas do cotovelo, patologia a abordar durante o Congresso.

O Congresso, a decorrer no dia 19 de abril, terá como temas: durante a manhã, o tratamento cirúrgico das dismetrias e desvios axiais e, durante a tarde, o que há de novo na patologia da anca. Nesta sessão, serão debatidas as mais recentes abordagens terapêuticas, nomeadamente novas tecnologias na planificação cirúrgica, contando para tal com vários oradores, nacionais e estrangeiros.

No dia 20, as fraturas do cotovelo serão a patologia em análise, que constituem um motivo frequente de observação e tratamento no serviço de urgência por todos os ortopedistas.

Haverá também lugar para apresentação de trabalhos sob a forma de comunicações livres ou posters, sendo atribuído um prémio à melhor comunicação e ao melhor poster.

O programa científico é amplo, diversificado e apelativo, sendo dinamizado por vários profissionais de diferentes áreas médicas, de renome nacional e internacional. Destacamos a presença de três convidados estrangeiros, nomeadamente o Dr. Diego Collado, o Dr. Néjib Khouri e o Dr. Sergio Martinez, que contribuirão para a valorização científica deste Congresso.

“O 12.º Congresso da SPOP, à semelhança dos congressos anteriores, será um momento de ensino, aprendizagem e sensibilização para ortopedistas e outros profissionais de saúde, assim como um momento de convivência reforçando as relações interpessoais e entre as instituições”, concluiu a coordenadora.