Graça Lopes eleita presidente da SPOP em histórico Congresso em Viana do Castelo

No recente Congresso Anual da Sociedade Portuguesa de Ortopedia Pediátrica (SPOP), realizado em Viana do Castelo, foi feita história com a eleição da primeira presidente através de voto eletrónico. Graça Lopes, uma figura destacada na Ortopedia Infantil, foi eleita para liderar a SPOP durante o biénio 2024-2025.

Esta eleição marca uma mudança na forma como a liderança é escolhida na SPOP, mas também é o reconhecimento do trabalho árduo e dedicado de Graça Lopes ao longo dos anos. Desde os primeiros dias do seu internato em 1991, demonstrou um interesse apaixonado pela Ortopedia pediátrica, tornando-se uma figura respeitada na área.

Graça Lopes expressou gratidão pela confiança depositada pelos seus colegas ao elegê-la como presidente. “É o culminar do reconhecimento do meu trabalho na área da Ortopedia infantil e da nossa intervenção nos vários atos da sociedade”, afirmou.

Além da eleição da nova presidente, o congresso também testemunhou planos ambiciosos para o futuro da Ortopedia pediátrica em Portugal. Seguindo uma excelente intervenção da presidente anterior, Mafalda Santos, a SPOP está comprometida em manter encontros informais e webinares para promover a partilha de conhecimentos e experiências.

Entre os eventos planeados estão um encontro informal agendado para 12 de outubro no Hospital de Gaia, e um webinar intitulado “O que há de diferente nas lesões traumáticas do cotovelo no adolescente”, marcado para 29 de junho. Além disso, a SPOP continuará a realizar cursos práticos “Hands On” para a formação de internos, visando a integração de técnicas operatórias inovadoras na Ortopedia pediátrica.

Um dos destaques do próximo ano será a associação do congresso da SPOP à Sociedade Espanhola de Ortopedia Pediátrica (SEOP-SPOP), que ocorrerá em junho, em Santiago de Compostela. Esta colaboração destaca a importância da partilha de conhecimentos e da cooperação internacional na promoção da formação científica em ortopedia.

A SPOP desempenha um papel vital ao reunir profissionais que trabalham na área da Ortopedia infantil, além de fornecer formação e servir como um intermediário junto às organizações estatais e voluntárias. Com Graça Lopes à frente, a SPOP está pronta para enfrentar os desafios futuros e continuar a sua missão de promover os mais altos padrões de cuidados ortopédicos pediátricos em Portugal.