Dr. Buceta Martins (1930-2016)

Amadeu Balbino Buceta Martins, filho do General Buceta Martins, nasceu em 1930.

Fez o Curso do Liceu em Lisboa e licenciou-se em Medicina na Universidade de Lisboa.

Estudou também música (na récita final do curso cantou o paso doble “Olé torero”) e praticou assiduamente equitação.

Fez os Internatos Geral e de Ortopedia nos Hospitais Civis de Lisboa, ao fim dos quais foi destacado como Ortopedista para o serviço militar em Luanda.

Quando regressou, ingressou em 1963 no Sanatório-Hospital de Sant’Ana na Parede, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, então em plena renovação sob a direcção do Dr.Serra e Costa. Este organizou em 1966 as 1as Jornadas de Cirurgia da Mão, com grandes conferencistas estrangeiros (Drs.Pulvertaft, Verdan, Tubiana e outros), no Estoril, as primeiras no país. O Dr.Serra e Costa promoveu estágios de médico e enfermeiras do Hospital no estrangeiro, pelo que o Dr.Buceta Martins teve a oportunidade, rara na época, de frequentar durante meses as melhores unidades de cirurgia da mão do Reino Unido,nomeadamente a do Dr.Pulvertaft.

Regressado ao Hospital de Sant’Ana, iniciou em 1976 a primeira consulta especializada de cirurgia da mão do país.

Paralelamente ingressou no quadro clínico de acidentes de trabalho da Companhia de Seguros Fidelidade, também dirigido pelo Dr.Serra e Costa. Foi responsável pela parte do punho e mão da Tabela Nacional de Incapacidades.

Após concurso público, toma posse como Chefe de Serviço no Hospital de Sant’Ana (HOSA), passando a dirigir uma unidade deste com especial dedicação à cirurgia da mão. Em 1989 fica em exclusivo dedicado no Hospital à sua Unidade de Cirurgia da Mão (creio que a 1ª do país), entretanto criada, que abandona, entregando-a ao autor destas linhas, para assumir em 1997 a Direcção do Hospital até à sua aposentação.

Membro da SPOT desde que se tornou Especialista de Ortopedia, participou nomeadamente na ponência portuguesa sobre cirurgia da paralisia cerebral do Congresso Hispano-Luso de 1973 na Galiza.

Foi o 3º Presidente da Sociedade Portuguesa de Cirurgia da Mão (cujo 1º Presidente fora em 1968 o Dr.Serra e Costa) da renovação da qual foi o grande artífice. Durante o seu mandato foi organizado em 1987 o 1º Congresso Hispano-Luso de Cirurgia da Mão.

Faleceu em 2016.

J.Carlos Botelheiro